O compromisso das comunidades e a sua apropriação na luta contra a COVID-19 são, até agora, considerados uma das formas mais seguras de combate a esta pandemia que tem assolado o mundo desde Dezembro de 2019 com a sua origem na Cidade de Whuan, na China.

É neste sentido, que surgiu pela parte do Alto Comissariado de Luta contra a COVID-19 a necessidade de promover e realizar sessões de formação a diferentes Líderes Religiosos e Tradicionais, em comunicação de risco e comprometimento comunitário, de forma a poder envolver todos os actores locais neste processo, sobretudo, quando as realidades e contextos culturais são factores que se não considerados, podem levar ao insucesso desta luta.

Assim, nos dias 27 de Agosto a 5 de Setembro de 2020, foram realizadas em simultâneo, sessões de formações a Pastores, Imammes, Padres, Régulos, Curandeiros, Balobeiros, incluindo estruturas de Mulheres das referidas instituições. Um total de aproximadamente 300 líderes foram formados!

Três equipas de 4 elementos foram constituídos e cada uma delas dirigida por um coordenador.

Os temas de formação apresentados foram os seguintes:

i) Situação Epidemiológica da COVID-19 a nível mundial e a nível nacional (Por Dr. Sidu Biai – OMS);

ii) Prevenção e Controlo de Infecção/PCI (Por Dr. Adelino Gomes – OMS e pela Aminta Medina – UNICEF);

iii) Enterro Digno e Seguro/EDS (Por Daniel Vieira – CVGB);

iv) Laboratório (Por Serifo Monteiro e Sábado Fernandes – LNSP);

v) Comunicação de Risco em Situações de Emergência/CREC (pela equipa 3 CREC).

A metodologia da formação, consistiu em desafiar cada grupo de formandos (séries de 10 elementos), no final de cada sessão, eles próprios definirem as estratégias reflectidas em plano de acção, as actividades de prevenção contra a COVID-19 a serem posteriormente levadas a cabo, nas suas comunidades.

Add New Playlist